CORPO DIRETIVO

Mantenedora: Faculdade Processus
Direção Geral: Claudine Fernandes de Araújo
Direção Acadêmica: Gustavo Javier Castro Silva
Coordenação Pedagógica: Maria Aparecida de Assunção
Coordenador de Pesquisa e Iniciação Científica: Jonas Rodrigo Gonçalves

VÍDEO EXPLICATIVO DO COORDENADOR DA PESQUISA E DA INICIAÇÃO CIENTÍFICA, PROFESSOR JONAS RODRIGO GONÇALVES:

Reproduzir vídeo

DOCUMENTOS DA PESQUISA E INICIAÇÃO CIENTÍFICA DA FACULDADE PROCESSUS:

A Política de Pesquisa e de Iniciação Científica da Faculdade Processus integra-se prioritariamente aos pilares científicos que norteiam todas as políticas acadêmicas institucionais.

A Política de Pesquisa e de Iniciação Científica da Faculdade Processus envolve tanto a pesquisa institucional, formalizada pelos grupos de pesquisa existentes, quanto as atividades de iniciação científica, formalizada pelos grupos de iniciação científica.

A Política de Pesquisa e de Iniciação Científica da Faculdade Processus abrange todos os cursos da instituição: Mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Social (em fase de implementação); Bacharelado em Direito, Bacharelado em Administração Pública, Bacharelado em Ciências Contábeis; Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão Pública, Processos Gerenciais, Gestão de Recursos Humanos, Secretariado, Gestão Financeira, e Serviços Jurídicos e Cartoriais.

A proposta do programa de Mestrado em Políticas Públicas e Desenvolvimento Social estabelece as linhas de pesquisa do stricto sensu e conta com grupos de pesquisa, os quais priorizam o tratamento e a análise oriundos de provas primárias, como pesquisa de campo, estudo de caso, pesquisa com seres humanos, pesquisa documental, pesquisa exploratória, cartografia etc. Busca a publicidade dos resultados dessas pesquisas priorizando periódicos científicos de qualidade, certificados pela Capes com Qualis Periódicos, bem como livros de editoras acadêmicas, certificadas pela Capes com Qualis Livros.

Os cursos de Bacharelado em Direito, Bacharelado em Administração Pública e Bacharelado em Ciências Contábeis fomentam a pesquisa científica por meio dos grupos de pesquisa, os quais, de maneira interdisciplinar, relacionam-se às linhas de pesquisa propostas pelo programa de mestrado profissional institucional, ampliando-as.

Os Cursos Superiores de Tecnologia em Gestão Pública, Processos Gerenciais, Gestão de Recursos Humanos, Secretariado, Gestão Financeira, e Serviços Jurídicos e Cartoriais oportunizam aos(às) estudantes a participação na Iniciação Científica institucional, por intermédio dos grupos de iniciação científica, os quais, de maneira multidisciplinar, relacionam-se às linhas de pesquisa propostas pelo programa de mestrado profissional institucional, ampliando-as.

A Política de Pesquisa e de Iniciação Científica da Faculdade Processus inclui tornar público tudo o que é produzido na instituição, fazendo uso dos veículos disponíveis tanto externamente (editoras e periódicos externos com qualis), como internamente (Editora Processus e Periódicos da Faculdade Processus).

A Política Editorial Institucional é consolidada e atua em três frentes: Editora Processus, que objetiva o selo Qualis Livros da Capes, constituindo-se uma editora acadêmica interdisciplinar, não comercial, com publicações de relevo ao cenário nacional e internacional; Periódicos da Faculdade Processus, com revistas acadêmicas institucionais, indexadas por ISSN, objetivando publicar as pesquisas do mestrado ou dos cursos de Bacharelado, bem como publicações de pesquisadores externos; Revista Processus Multidisciplinar, indexada por ISSN, cuja finalidade é a publicação de materiais didáticos produzidos pelo corpo docente, bem como a publicação de artigos advindos dos grupos de Iniciação Científica.

A Política de Pesquisa e de Iniciação Científica da Faculdade Processus abarca os Trabalhos de Curso institucionais, provenientes do Bacharelado em Direito e do Bacharelado em Administração Pública, bem como os artigos produzidos em parceria entre docentes e discentes do curso de Bacharelado em Ciências Contábeis.

A Pesquisa e a Iniciação Científica institucional contam com o seguinte corpo diretivo – Mantenedora: Faculdade Processus; Direção Geral: Claudine Fernandes de Araújo; Direção Acadêmica: Gustavo Javier Castro Silva; Coordenação Pedagógica: Maria Aparecida de Assunção; Coordenador do Programa de Pesquisa e Iniciação Científica (PPIC): Jonas Rodrigo Gonçalves.

LINHAS DE PESQUISA DO MESTRADO (STRICTO SENSU) EM POLÍTICAS PÚBLICAS E DESENVOLVIMENTO SOCIAL (EM FASE DE IMPLEMENTAÇÃO):

Linha 01: Direito, Políticas Públicas e Desenvolvimento Social

Linha 02: Gestão de Políticas Públicas para o Desenvolvimento Social

Linha 03: Financiamento das Políticas Públicas

LINHAS DE PESQUISA DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO:

Esta linha tem o propósito de promover espaços para o estudo, a pesquisa e a inovação nas distintas etapas das políticas públicas (formulação, implementação e avaliação) com fulcro no contínuo e permanente processo de modernização do Estado. Essa concepção e o desafio que se coloca é o de contemplar e analisar a complexidade das questões referentes quanto o papel do Estado frente às políticas públicas e suas práticas, no que tange a participação da sociedade na formulação e execução das políticas públicas, tema importante e negligenciado tanto pelo cidadão quanto pelo Estado. Deve-se, a partir de vários eixos teóricos e analíticos, mas tanto quanto possível costurados metodologicamente pela abordagem multidisciplinar da temática desta linha.

O escopo principal desta linha está assentado na busca pelo incentivo à inovação tecnológica no Brasil e contribui para a avaliação de instituições, programas e políticas públicas de ciência, tecnologia e inovação no país. Trata de um aspecto central para o desenvolvimento, ou seja, da transformação da base produtiva brasileira pela inovação, assim como das formas com que o Estado pode induzir tal transformação, e quão bem o Estado brasileiro faz isso. O Brasil está implementando políticas mais sistemáticas de apoio à inovação, e, mais especialmente, vem objetivando engajar as empresas em estratégias de inovação de produtos, de processos, de formas de uso, de distribuição, de comercialização, etc., visando a atingir, dessa forma, um patamar superior de desenvolvimento e de geração de renda. A Política Industrial, Tecnológica e de Comércio Exterior (PITCE) e o plano de Desenvolvimento da Produção, colocam a inovação como fator fundamental para que a indústria brasileira dê um salto de qualidade rumo à diferenciação de produtos, transformando, assim, sua própria estrutura industrial.

Esta linha tem como fundamentação dois fenômenos de absoluta relevância em uma análise cuidadosa das forças vivas de nossa sociedade: a consolidação do chamado terceiro setor e a preocupação das organizações com sua responsabilidade social corporativa, oportunidades de atuação para organizações sócias que integram o chamado terceiro setor e para empresas privadas que desejem desenvolver ou aprimorar projetos que vão ao encontro de sua preocupação com a responsabilidade social corporativa, como também  as  competências necessárias para que as organizações do terceiro setor com programas de responsabilidade social protagonizem iniciativas de empreendedorismo social.

A linha tem como diretriz central o estudo dos modelos, papel e representações das organizações frente às políticas públicas. A ênfase é dada ao desenvolvimento de pesquisas interdisciplinares, nos setores público, privado e terceiro setor, focadas na análise de mecanismos e metodologias para uma prestação de serviços que agregue valor à sociedade.  O direcionamento dessa linha privilegia a geração de conhecimentos, partindo do princípio de que serviços públicos e privados tem características próprias. Os eixos temáticos dessa linha são: serviços nas organizações públicas, privados e de terceiro setor; comportamento do consumidor e serviços.

Esta linha congrega a relação das políticas públicas com o desenvolvimento social. Abarca os grupos sociais vulneráveis, enquanto beneficiários de políticas públicas vigentes. Envolve, ainda, políticas públicas de transferência de renda, de moradia, de auxílio financeiro para acesso ao ensino superior, de fomento ao desenvolvimento social como um todo. Permite, também, que sejam feitos estudos comparados sobre as políticas públicas e o desenvolvimento social, entre países, entre continentes, entre regiões, entre blocos econômicos etc. Abre espaço para o estudo da influência da migrações, imigrações e emigrações nas políticas públicas de um país ou de uma região geográfica.

Especificamente esta linha de pesquisa direciona o estudo das políticas públicas ao viés axiológico do Direito. Evidencia o aspecto das políticas públicas enquanto perspectiva de justiça a partir do intermédio jurídico. Permeia também as demais questões jurídicas concernentes ao universo das políticas públicas. Oportuniza, ainda, a investigação dos Serviços Jurídicos e Notariais que envolvem as Políticas Públicas.

A relação da Administração Pública com o que preconizam as políticas públicas é o objeto de estudo desta linha de pesquisa. Além da pesquisa de políticas públicas de nível federal, esta linha permite o direcionamento para estudos relacionados a políticas públicas distritais, estaduais ou municipais, no que concerne à administração pública. Há, ainda, possibilidade de investigação científica sobre a relação das políticas públicas com a Gestão Pública, os Processos Gerenciais, a Gestão de Recursos Humanos e o Secretariado. Nesta linha, encaixam-se temáticas relacionadas às Carreiras Públicas que compõem a Administração Pública.

Todas as políticas públicas possuem aspectos contábeis e/ou financeiros a serem estudados. Esta linha de pesquisa permite uma análise contábil e/ou financeira das políticas públicas. A Contabilidade e a Gestão Financeira das políticas públicas são investigadas nesta linha de pesquisa. Esta linha de pesquisa também contempla aspectos tributários e fiscais.

A sociedade brasileira é afetada diretamente pelas políticas públicas de saúde que envolvem o Sistema Público de Saúde nacional (SUS – Sistema Único de Saúde), bem como a saúde coletiva. Esta linha objetiva o estudo das Políticas de Saúde, bem como do SUS e da Saúde Coletiva. Permite o direcionamento da pesquisa para o Direito dos Pacientes, bem como para as questões de Bioética e, ainda, para questões relacionadas às doenças raras. Oportuniza também investigar questões psicológicas que envolvem os(as) profissionais de saúde que compõem as equipes multidisciplinares que atendem às políticas de saúde.

GRUPOS DE PESQUISA E DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E PROFESSORES-PESQUISADORES:

Prof. Dr. João Carlos Medeiros de Aragão

CV: http://lattes.cnpq.br/4911444451336250 

Orcid: http://orcid.org/0000-0003-1210-6614

E-mail: [email protected]

Linha 01: Estado e Cidadania.

Prof. Esp. Danilo da Costa       

CV: http://lattes.cnpq.br/9522717317530051

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-1849-4945

E-mail: [email protected]

Linha 02: Políticas Públicas e Inovações Tecnológicas.

Prof. Dr. Alessandro Aveni

CV: http://lattes.cnpq.br/0679425851663633

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6266-6818

E-mail: [email protected]

Linha 03: Políticas Públicas, Empreendedorismo Social e Terceiro Setor.

Prof. Esp. Lúcio Carlos de Pinho Filho

CV: http://lattes.cnpq.br/7548673629065244

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3357-4110

E-mail: [email protected]

Linha 04: Políticas Públicas e Organizações.

Prof. Dr. José Bonifácio de Araújo Júnior

CV: http://lattes.cnpq.br/9529180580062988

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-8096-5790

E-mail: [email protected]

Linha 8: Aspectos Contábeis e/ou Financeiros das Políticas Públicas.

Prof. Dr. Arthur Henrique de Pontes Regis

CV: http://lattes.cnpq.br/6833659805726329

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-8544-1475

E-mail: [email protected]

Linhas 06: Políticas Públicas e Axiologia Jurídica.

Prof. Me. Alberto Carvalho Amaral

CV: http://lattes.cnpq.br/4335413036294656

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-6117-865X

E-mail: [email protected]

Linha 07: Políticas Públicas no âmbito da Administração Pública (federal, distrital, estadual e municipal).

Prof. Me. Jonas Rodrigo Gonçalves

CV: http://lattes.cnpq.br/6904924103696696

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4106-8071

E-mail: [email protected]

Linha 09: Políticas Públicas de Saúde, SUS e Saúde Coletiva.

Prof. Me. Rodrigo Freitas Palma

CV: http://lattes.cnpq.br/2262312507706999

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0219-5502

E-mails: [email protected]; [email protected]; [email protected]

Linha 05: Políticas Públicas e Desenvolvimento Social.

Profª Drª Noemia Aparecida Garcia Porto

CV: http://lattes.cnpq.br/6170026823767166

E-mail: [email protected]

Linha 02: Políticas Públicas e Inovações Tecnológicas.

BOLSAS DE 10% DE DESCONTO NAS MENSALIDADES

São ofertadas 11 (onze) bolsas de 10% (dez por cento) de desconto nas mensalidades.

Essas bolsas não serão cumulativas com outras bolsas que os(as) alunos(as) por ventura já possuam.

Cada grupo de pesquisa ou de iniciação científica terá direito a 1 (uma) bolsa de 10% (dez por cento) de desconto nas mensalidades.

Fica a critério do(a) professor(a)-pesquisador coordenador(a) do grupo escolher o(a) aluno(a) pesquisador(a) que irá receber a bolsa do seu grupo de pesquisa ou de iniciação científica, pelo critério de maior participação nas publicações indexadas do grupo.

Os(as) alunos(as) bolsistas devem ser informados pelo(a) professor(a)-pesquisador(a) coordenador(a) dos grupos em até 15 (quinze) dias antes do término do semestre letivo, para que a bolsa seja concedida no semestre seguinte.

Em todos os semestres haverá nova seleção de alunos(as) pesquisadores(as), tendo esta bolsa validade semestral.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support